“chimps? chimps are funny.”

Hoje, nessa internet velha sem porteira, me deparei com a reportagem “Jerry Seinfeld intends to die standing up”, no The New York Times. É um pouco grandinha (oito páginas), mas quem gosta do cara, vale a pena ler. Tudo bem que quando o jornalista trata do estilo do humor do Seinfeld per se, acaba repetindo informações que todo mundo já sabe. Ainda assim, eu mesma re-reproduzirei aqui as características citadas que mais despertam a minha atenção:

1. O humor ‘limpo’ do Seinfeld. Diferente do boca-suja do Louis C.K. (maravilhoso!), o Seinfeld não fala um palavrãozinho. Nada. Niente. Necas. Nem ‘fuck’, nem ‘pussy’, nem ‘asshole’. No programa ‘Talking funny’, do Ricky Gervais, com participação do Seinfeld, C.K. e Chris Rock isso é bem discutido.

Ainda nesse ‘Talking funny’ eles falam de outra característica de Seinfeld que se difere do C. K.:

2. Seinfeld fica anos trabalhando em piadas, que são sempre aproveitadas, reelaboradas, reutilizadas. Para ele, os fãs estão ali para ver piadas que deram certo, que viraram hits. O Louis faz o oposto disso, na mesma linha do George Carlin: joga todo o material  fora todo ano e começa do zero. Negada chama o Seinfeld de virtuoso da comédia.

3. Seinfeld não concorda que o seu programa seja sobre nada, como as pessoas falam por aí. Na verdade, o programa fala sobre o que há de mais cotidiano, de mais comezinho. É necessário coragem para travar um relacionamento cúmplice desses com o espectador. O cara ri porque se identifica.

4. Citação que dispensa comentários: “Larry David, to whom Seinfeld remains close, told me, “Jerry doesn’t get enough credit for his misanthropy — it’s why we get along so well.””

***

Jerry Seinfeld em 2012. O que o cara tem feito?

Comedians in cars getting coffeehttp://www.comediansincarsgettingcoffee.com/

É isso mesmo. É o Jerry mais outro comediante, dentro de um carro incrível de colecionador, indo para um diner tomar café. Falam de tudo e de nada, tudo na espontaneidade. Os episódios com Larry David (o primeiro vídeo) e Michael Richards (o último) são imperdíveis. Já vi várias vezes e não me canso. É incrível como o Michael Richards é o Kramer na vida real. E os hábitos alimentares do Larry David são uma piada. Impressionante a química (ui!) do Seinfeld e do David.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: